23 de novembro de 2013

Ainda a propósito da reposição de 2001: A Space Odyssey nas salas de cinema

Não pude deixar de reparar no consenso entre os três críticos de cinema do Público a propósito de 2001: A Space Odyssey, por alguns dias de regresso às salas de cinema da UCI em Lisboa e em Vila Nova de Gaia. Cinco estrelas de cada um - algo que não me recordo de ter visto a propósito de qualquer outro filme (sobretudo de ficção científica, género habitualmente desprezado por Luís Miguel Oliveira e Vasco Câmara).


Não é um clássico por acaso.

6 comentários:

Loot disse...

Realmente não é todos os dias mas acontece :P

E para unir a familia tinha de ser algo como o 2001 cujo valor já foi mais do que provado e que passou o último dos testes, o do tempo.

Já foste ver? Ou já tinhas visto em cinema? A cena psicadélica em grande ecrã é outra coisa (e o resto claro) :D

Nuno Vargas disse...

Alguém sabe até quando vai estar no cinema?

Anónimo disse...

O que eu (não) gosto mais é o "apesar de tudo" - apesar de tudo o quê?

João Campos disse...

Loot: fui ver na semana passada. Ao intervalo, mudei-me para a segunda fila, para deixar o filme ocupar todo o meu campo de visão. A passagem pela stargate foi das coisas mais espantosas que já vi no grande ecrã.

João Campos disse...

Nuno, não faço ideia.

João Campos disse...

Anónimo: arriscando um palpite, diria que é "apesar de" 2001 ser um filme tão influente como pouco convencional dentro do género.