7 de julho de 2013

Recordar Robert A. Heinlein (1907 - 1988)

Robert A. Heinlein, uma das mais brilhantes e polémicas vozes que a ficção científica já conheceu, nasceu a 7 de Julho de 1907 - e o portal Tor.com assinala a efeméride com um curto mas muito interessante artigo sobre o autor falecido há 25 anos. Do seu início como escritor (com o conto Life-Line, publicado na revista "Astounding Science Fiction") à sua ligação com John W. Campbell e outros autores do género, como Isaac Asimov, o artigo aborda a sua longa carreira premiada com quatro Prémios Hugo na categoria de "Best Novel" - feito só igualado já no novo milénio por Lois McMaster Bujold - e destaca algumas das suas obras mais notáveis, como Stranger in a Strange Land ou Starship Troopers.

E já que o clássico de ficção científica militar é mencionado, deixo também como sugestão de leitura um artigo de Ryan Britt, mais antigo, também publicado no Tor.com: For Whom the Space Beacon Tolls: Another Look at Robert A. Heinlein's Starship Troopers. Não tendo ainda lido Hemingway, nunca estabeleci a mesma ligação entre ambos os autores; mas a reflexão de Britt sobre o estilo de Starship Troopers e a voz singular do protagonista destaca dois dos (vários) aspectos que tornaram esta obra num clássico incontornável da ficção científica.

Fonte: Tor.com

2 comentários:

Nuno Vargas disse...

É um dos meus autores preferidos. "Stranger in a Strange Land" marcou-me quando o li, na minha adolescência.

João Campos disse...

"Stranger in a Strange Land" não me encheu as medidas - mas é um livro importante, claro. Já "The Moon Is a Harsh Mistress" e "Starship Troopers"...