24 de setembro de 2012

The Walking Dead: Destaque da primeira temporada

Mais do que em qualquer outro, é no quarto episódio da primeira temporada de The Walking Dead, “Vatos”, mais precisamente nos seus momentos finais, que temos a certeza de que aqueles personagens jamais estarão a salvo. No acampamento, Jim começa a agir de forma estranha enquanto Rick, Daryl, Glenn e T-Dog foram à cidade em busca de Merle, e encontram a oposição de um grupo armado que não é exactamente o que parece. No seu regresso, contudo, o acampamento é atacado por uma horda de zombies - e se ninguém tem pena de ver o marido abusador de Carol ser devorado, já a brutal morte de Amy não deixará decerto ninguém indiferente.

Diria que o tema principal da série é finalmente desenvolvido neste episódio: Rick descobre que existem outros grupos de sobreviventes espalhados, e que nem todos podem ter boas intenções (algo que confirmará noutro momento da segunda temporada), o grupo aprende, numa dura lição, que não existe nenhum lugar seguro, e todos começam a interiorizar que a sociedade entrou de facto em colapso, e que essa situação pode ser irreversível.

Este será sem dúvida um dos episódios mais marcantes de toda a série - até ao momento, a sua força emocional só terá paralelo no sexto episódio da segunda temporada. The Walking Dead revelou qualidade desde o primeiro episódio, mas é em "Vatos" que todos os seus aspectos positivos são confirmados.

Sem comentários: